APLICAÇÃO DAS CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA

 

As presentes condições gerais de venda em baixo detalhadas (aqui designadas como “condições gerais”) regulam as relações contratuais entre qualquer cliente final, particular ou empresarial e a Expert, detida pela empresa Codelpor - Comerciantes de Electrodomésticos Portugueses SA. 

As condições gerais de venda são as únicas aplicáveis e substituem todas as outras condições, exceto prévio acordo, expresso e por escrito.

A Codelpor - Comerciantes de Electrodomésticos Portugueses SA reserva-se no direito de pontualmente modificar certas disposições de suas condições gerais.

Considera-se que ao validar um pedido, o cliente está tacitamente a aceitar as nossas condições gerais de venda.

Toda a cláusula que acompanhe um pedido do Cliente ou qualquer outro documento (tal como condições gerais de compra do cliente), que esteja em oposição com as presentes condições gerais, não será admitida.

  

1) ENCOMENDAS

A Codelpor - Comerciantes de Electrodomésticos Portugueses SA aceita encomendas efetuadas através da sua loja online e com todos os processos devidamente executados e concluídos na mesma.

Encomendas não efetuadas pela loja experteletro.pt regem-se pelos termos e condições de vendas específicos. Preços, prazos de pagamento e demais condições podem não ser aplicadas.

As condições de transporte regem-se pela Política de Transporte.

 

1.1) Lançamento da Encomenda 

O cliente deverá selecionar os artigos pretendidos e seguir todos os passos da compra para que a mesma seja concluída com sucesso. Ao longo do processo é necessário que tenha em atenção se o produto (s), quantidade (s), valores, transportadora e dados de faturação/entrega estão de acordo com o pretendido. 

Em encomendas a entregar em cliente final, o cliente compromete-se a preencher corretamente todos os dados de entrega e optar pela modalidade de transporte que melhor se adequa às necessidades da mesma. 

Ao confirmar a encomenda o cliente está a validar junto da Codelpor todos os dados inseridos, sendo que após este momento não é possível efetuar qualquer alteração de dados e/ou artigos.

A correção de qualquer dado/produto após a receção da encomenda pela Codelpor deverá ser tratado pelo cliente através de solicitação de cancelamento de encomenda para o [email protected] e/ou gestor de conta atribuído e lançamento de nova encomenda na plataforma. 

As encomendas são tratadas por ordem de chegada pelo que ressaltamos a importância da correta inserção de todos os dados.

Cada encomenda é tratado como uma só não sendo possível juntar as mesmas.

Não são aceites alterações via telefônica. 

 

2) PREÇOS

Os preços dos produtos apresentados são faturados em euros e incluem o IVA à taxa legal em vigor na data do registo da encomenda. 

É apresentado em cada produto o preço sem iva que será sujeito às condições acordadas, salvo casos específicos de campanhas.

Os preços são válidos exclusivamente para compras através da loja online e salvo erro tipográfico. Cada loja física ou associado poderá praticar um preço diferenciado do apresentado na loja online. Em caso de erro, o cliente será devidamente informado antes de ser expedida a sua encomenda, que apenas será expedida em caso de concordância.

Os preços e especificações do produto podem ser alterados a qualquer momento sem aviso prévio.

  

3) PRODUTOS, DESCRIÇÕES E STOCKS

Os produtos disponíveis na loja são atualizados em termos de descrições e imagens periodicamente. Devido ao elevado número de produtos, é possível existirem discrepâncias entre as imagens e/ou descrições e os produtos. Prevalece sempre o Modelo do produto presente no Nome/descrição do mesmo.

Os stocks apresentados são respeitantes ao armazém central.

Em caso de dúvida, por favor contacte-nos.

 

4) CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

As condições de pagamento aceites pela Codelpor - Comerciantes de Electrodomésticos Portugueses S, desde que previamente acordadas por escrito, são exclusivamente as seguintes, 

4.1) Transferência Bancária*

4.2) Crédito, mediante aprovação do banco Cetelem

4.3) Cheque

4.4) Numerário**

*Deverá ser enviado o comprovativo de transferência.

**Pagamento em numerário é exclusivo às recolhas no armazém em Benavente. 

Qualquer alteração ao método ou prazo de pagamento deverá ser solicitado ao gestor de conta atribuído e/ou [email protected]  

 

5) TRANSPORTE

A Codelpor tem à disposição diversas modalidades de entrega que devem ser escolhidas pelo cliente de forma a que melhor se adequem à encomenda. 

5.1) Recolha no Armazém - Benavente

5.2) Entrega nas suas instalações

5.3) Entrega Standard no Cliente Final

5.4) Entrega Premium no Cliente Final

 Consulte todas as informações sobre a Política de Transporte

 

6) DEVOLUÇÕES

Os produtos adquiridos por revendedores e parceiros só poderão ser devolvidos após acordo preliminar e por escrito da Codelpor - Comerciantes de Eletrodomésticos Portugueses, SA após preenchimento e análise do RDD respectivo. Este deve ser preenchido e enviado pelo Cliente para o mail [email protected]

Todos os artigos devolvidos têm obrigatoriamente de se encontrar de acordo com as informações fornecidas no momento de reclamação, ver ponto 7.

Independentemente do motivo da devolução ou do estado do artigo, as devoluções só serão aceites desde que os produtos cheguem devidamente acondicionados.

Em caso de devolução sem acordo prévio ou de a mesma não ser considerada em conformidade, o (s) produto (s) deverá (ão) ser recusados na entrega ou devolvidos com despesas de envio a ser suportadas pelo Cliente.

 

7) RECLAMAÇÕES

7.1)  Os volumes têm de ser verificados à descarga, sendo que para accionar qualquer reclamação de danos nos artigos os mesmos terão de ter sido recusados à descarga ou mencionado essa incidência na guia. A reclamação deverá incluir o RDD legível, devidamente preenchido por cada artigo danificado e identificada o número da respectiva guia de transporte ou fatura, a fatura de compra e fotografias dos danos. O processo tem seguimento interno que se inicia, bem como o prazo de resolução, após a receção da totalidade dos documentos necessários. Após a análise e em caso de aprovação será procedido ao levantamento e/ou crédito.

7.2)  Se o(s) produto(s) recebido(s) não estiver em conformidade com a Factura/Encomenda ou se, estando os volumes sem danos aparentes na recepção, se encontrar(em) danificado(s), o Cliente deverá alertar a Codelpor num prazo máximo de 1 (Um) dia civil a contar do momento da recepção do produto, acompanhado de fotografias do produtos e da embalagem de transporte. A reclamação deverá ser enviada pelo Cliente para [email protected] e/ou comercial atribuído, acompanhada da cópia de fatura do (s) produto (s) expondo a reclamação de forma clara e com todos os pontos necessários à análise da mesma. Em caso de se verificar deficiente embalamento, a Codelpor assumirá e recolherá os produtos.

7.3)  Em casos de pedidos de devolução comercial serão aceites pedidos realizados no prazo de 7 dias civis após a emissão de fatura, com as seguintes regras:

  1. Os produtos terão de se encontrar devidamente embalados, na sua embalagem original e com os selos originais(se existirem).

  2. Os produtos terão de ser expedidos devidamente embalados e acondicionados.

  3. Os portes são a cargo do Cliente. Em caso de solicitarem recolha pela codelpor, será cobrado o valor de 8€ + Iva em Pequenos Domésticos, 20€ + Iva em Grandes Domésticos (Excepto Side by Side) e TV até 50”, e 50€ + Iva em Side By Side e TV Acima de 50”.

  4. O Crédito do artigo está sujeito à validação do estado artigo à descarga no nosso armazém.

  5. Todos os pedidos terão de ser efectuados através do preenchimento do formulário de RDD.

7.4) Outros pedidos de devolução comercial serão sujeitos a autorização da direcção comercial ou operacional, nas regras por eles definidas.

7.5)  Todos os processos de reclamação por avaria em garantia devem ser reclamados através do RDD devidamente preenchido por artigo e identificada a guia de transporte ou fatura, envio da fatura de compra e a fatura emitida ao cliente final e, caso tenha existido intervenção por parte da assistência técnica da marca o relatório da mesma também deverá constar no processo. Conforme a lei em vigor, a responsabilidade da assistência em garantia é da primeira entidade a comercializar o produto em território nacional, pelo que a Codelpor SA, na maioria dos casos, irá encaminhar o cliente de acordo com os procedimentos definidos por essa entidade.

Todos os processos têm obrigatoriamente de ser enviados para o mail [email protected] Os processos têm um prazo de resolução de pelo menos 30 dias, começando a contar após a receção da totalidade dos documentos.

Excedidos os prazos estipulados qualquer reclamação será sujeita à apreciação prévia pelo que poderá ser ou não aceite pela Codelpor.

Em caso algum será recepcionado pelo nosso armazém qualquer artigo que não tenha aprovação prévia.

 

8) D.O.A. ( DEAD ON ARRIVAL )

Todos os produtos adquiridos à menos de 5 (cinco) dias úteis, comprovadamente com defeito ou avaria de fabrico, serão designados como DOAs. (Dead on Arrival) e possuem prioridade sobre os restantes processos.

Os DOAs são verificados para confirmação da avaria ou defeito, procedendo-se, caso a avaria se verifique, a sua substituição de acordo com as políticas de garantia e DOA da marca do produto. Caso a marca seja omissa nesta situação, a Codelpor - Comerciantes de Electrodomésticos Portugueses SA recolhe o produto e procede á sua substituição imediata, desde que exista stock disponível.

Em caso de ruptura de stock a Codelpor - Comerciantes de Eletrodomésticos Portugueses SA informará o cliente sobre o prazo de entrega de produto igual ou a troca por outro produto semelhante.

A única intervenção com prioridade sobre um DOA é outro DOA com data/hora anterior.

Ao abrigo da lei vigente, algumas marcas poderão ter condições de DOA diferentes, nunca em prejuízo do cliente final. Por exemplo, em relação a portáteis as condições de assistência e o prazo de reparação/substituição poderá variar de marca para marca. Assim, cada caso será visto singularmente.

  

9) R.M.A. ( RETORNO DE MATERIAL AVARIADO )

De acordo com a lei vigente, a responsabilidade de aplicação da garantia é da primeira entidade a comercializar o produto em solo português, que assim define o procedimento. Assim, os processos em garantia poderão ser encaminhados à Codelpor ou aos centros de assistência da marca, conforme estipulado por estas.

No caso de produtos que se encontram abrangidos pelo prazo de garantia e em que está estipulado que será a Codelpor a tratar da resolução do mesmo, após confirmação do defeito pelo Pós Venda serão objecto de: reparação ou substituição.

Ao abrigo da lei vigente, não sendo tecnicamente aconselhável a reparação ou a substituição do produto defeituoso por parte do Distribuidor/Marca, será emitida pela Codelpor - Comerciantes de Electrodomésticos Portugueses SA uma Nota de Crédito pelo mesmo valor do (s) produto (s) defeituoso(s).

  

10) CUSTOS E CONDIÇÕES DE ENVIO DE DEVOLUÇÕES

Danos causados durante o transporte para a Codelpor - Comerciantes de Electrodomésticos Portugueses SA são da responsabilidade do cliente.

Os custos de envio do(s) produto(s) reparado ou substituído para o cliente ficam a cargo da Codelpor - Comerciantes de Electrodomésticos Portugueses SA

Os produtos a ser recolhidos mediante a aprovação de devolução devem ser devidamente acondicionados e incluir todos os acessórios de forma a estarem disponíveis no momento em que a recolha for efetuada. 

Em caso de a mercadoria não se estar disponível para recolha ou verificar-se a ausência do cliente será imputado custos para uma segunda tentativa.

Se a avaria reportada pelo cliente não se verificar,  o(s) produto(s) será enviado com os custos de envio a serem suportados pelo cliente.

Se durante os teste se verificar alguma intervenção por parte do cliente, que inviabilize a garantia, o(s)  produto(s) será enviado com custos de envio a serem suportados pelo cliente.

Por motivos de proteção da saúde ou de higiene não são aceites devoluções de produtos produtos que estejam em contacto directo com algumas partes do corpo, como por exemplo Auscultadores In-EAR, escovas de dentes, alisadores, modeladores, escovas, pentes, máquinas de cortar cabelo, entre outros, cuja embalagem tenha sido aberta ou com os selos de garantia violados ou quando se detectem os mais mínimos sinais de uso.